Tumor desmóide como indicador de polipose adenomatosa familiar (PAF)

Olá, gente!
Mais um post sobre a polipose adenomatosa familiar - PAF ou familiar adenomatous poliposis - FAP! Eis aqui um dos achados da internet:
(eu traduzi o resumo, quem estiver interessado no texto original, é só clicar no título do estudo)

Ned Tijdschr Geneeskd. 2010;154:A2235.
Desmoid tumour as indication of familial adenomatous polyposis.

PMID: 20977806 [PubMed - indexed for MEDLINE]

Em dois pacientes, um homem de 43 anos e uma mulher de 40 anos, que tiveram tumor desmóide, foram diagnosticados com polipose adenomatosa familiar três e seis anos depois respectivamente. O segundo paciente veio a desenvolver câncer retal metastático. Fibromatoses do tipo desmóide geralmente se desenvolvem esporadicamente, mas pode também ser uma manifestação extra-cólon da PAF.

Todos os pacientes com desmóides abaixo dos 60 anos ou com desmóides localizados dentro ou na parede do abdomen, deve se submeter à uma colonoscopia e a um teste genético. A possibilidade de ter PAF deve ser considerada em todos os pacientes portadores de tumor desmóide e todos os dados do paciente assim como o histórico familiar devem ser avaliados cuidadosamente. Caso haja a suspeita de PAF, o paciente deve se submeter à colonoscopia e a um teste genético.

7 thoughts on “Tumor desmóide como indicador de polipose adenomatosa familiar (PAF)”

Leave a Reply