Indignação

Cara, tem coisas tão absurdas que certos médicos sugerem como tratamento, que eu fico chocada e uma delas aconteceu com uma mulher do ListSERV.

Ela tinha um tumor desmóide no ombro, operou quatro vezes e após todas as quatro cirurgias, o tumor voltou. Aí chega um médico engraçadinho e mesmo sabendo que a cirurgia em sí é um risco de recidiva, mesmo sabendo que existem tratamentos alternativos como radioterapia, quimioterapia, crioterapia, etc, etc, diz para a paciente: "É, teremos que AMPUTAR seu braço!"
Assim! como se fosse a coisa mais natural e normal a se fazer! Se fosse comigo eu esperaria muito por algo assim. Imagina como a cabeça dessa mulher deve ter ficado!

Só que essa paciente não aceitou a "oferta" assim de primeira, lógico, e foi atrás de outras opiniões.
Encontrou um médico oncologista que fez 30 sessões de radioterapia, operou para remover o tumor e depois mais 15 sessões de radio. Hoje ela está "tumor free" há seis anos e ainda com o braço dela. Fez fisioterapia por um tempo e tem 80% dos movimentos originais dela.

Talvez se ela tivesse escolhido realmente amputar o braço, poderia ainda estar com o tumor E pra piorar sem braço! Imaginem aí!

O que posso dizer é: Antes de decisões drásticas ou se "seu coração não está calmo" com alguma coisa, procure outras opiniões! Mal não vai fazer!

[btw, consulta com doutora Jurema marcada! dia 26 decidiremos meu futuro \o/]

This entry was posted by Unknown. Bookmark the permalink.

2 thoughts on “Indignação”

  1. Tomar decisões precipitadas nunca leva a nada. Sempre é pensar, conversar, ver opções antes de tomar qualquer decisão. Estar ciente de todos os riscos é a melhor maneira de encarar os problemas de frente.

    Aliás, boa sorte na consulta e animo e felicidade, sempre! Que um dia você estará livre desse pudim.

    I'm here for you, only for you.

  2. Menina...

    como tem picareta e charlatão nesse mundo hein!?

    A beleza da medicina está em encontrar tratamento alternativo pra coisas aparentemente sem solução! e não sair amputando membros das pessoas aleatoriamente e inadvertidamente.

    É isto que nos diferencia de açougueiros. É isso que nos distancia da medicina da idade média!

Leave a Reply